sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Pequenas regras


Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir. Não grite comigo, tenho o péssimo hábito de revidar. Acordo pela manhã com ótimo humor mas...permita que eu escove os dentes primeiro. Toque muito em mim, principalmente nos cabelos e minta sobre minha nocauteante beleza. Tenho vida própria, me faça sentir saudades, conte algumas coisas que me façam rir, mas não conte piadas e nem seja preconceituoso, não perca tempo, cultivando este tipo de herança de seus pais. Viaje antes de me conhecer, sofra antes de mim para reconhecer-me um porto, um albergue da juventude. Eu saio em conta, você não gastará muito comigo. Acredite nas verdades que digo e também nas mentiras, elas serão raras e sempre por uma boa causa. Respeite meu choro, me deixe sozinha, só volte quando eu chamar e não me obedeça sempre que eu também gosto de ser contrariada. ( Então fique comigo quando eu chorar, combinado?). Seja mais forte que eu e menos altruísta! Não se vista tão bem... gosto de camisa para fora da calça, gosto de braços, gosto de pernas e muito de pescoço. Reverenciarei tudo em você que estiver a meu gosto: boca, cabelos, os pelos do peito e um joelho esfolado, você tem que se esfolar as vezes, mesmo na sua idade. Leia, escolha seus próprios livros, releia-os. Odeie a vida doméstica e os agitos noturnos. Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, não de boate que isto é coisa de gente triste. Não seja escravo da televisão, nem xiita contra. Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai. Escolha um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o invente muitas vezes.

Me enlouqueça uma vez por mês mas, me faça uma louca boa, uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: loba, boba, rouca, boca...Goste de música e de sexo. Goste de um esporte não muito banal. Não invente de querer muitos filhos, me carregar pra a missa, apresentar sua familia... isso a gente vê depois...se calhar...Deixa eu dirigir o seu carro, que você adora. Quero ver você nervoso, inquieto, olhe para outras mulheres, tenha amigos e digam muitas bobagens juntos. Não me conte seus segredos...me faça massagem nas costas. Não fume, beba, chore, eleja algumas contravenções. Me rapte! Se nada disso funcionar...experimente me amar!

* Martha Medeiros *

12 Comentários:

Blogger Vinícius Aguiar disse...

Nossa Dani... que forte isso hein?? Apesar de o texto não ser seu, achei-o bem ao seu estilo (e talvez por isso ele esteja postado no seu blog)... beijos!

09 agosto, 2008 11:07  
Blogger Igor Garcia disse...

Vou fazer dois elogios e uma critica!!! ;-)

Adorei apaixonadamente esse texto da Martha, que já conhecia, e prefiro começar de baixo para cima. Não literalmente falando! ;-)
E sua boca terapeuticamente provocante!

E a critica: cadê SEUS textos minha terapeuta????

Sinto falta das suas palavras, doces ou amargas quando vc se expressa!!!!

Bjs n´alma!!!

09 agosto, 2008 13:31  
Blogger Ultra Violet disse...

Me identifiquei com muitas coisas. Mas, deixar olhar para outras mulheres, nem pensar. Sou muuuito ciumenta!

Quem nos dera se todos nossos desejos fossem realizados e a gente pudesse encontrar alguém assim, com tudo o que queremos.


Bjs.

09 agosto, 2008 15:32  
Anonymous jade disse...

Me identifiquei muito tbm,
rsrs se gostar de música e sexo e me enlouquecer no bom sentido da coisa..rs, já tá bom demais.
obrigada pela visita,
Bjus.

09 agosto, 2008 17:49  
Blogger Leonardo Werneck disse...

Martha é excelente.
Mas não deixo ninguém dirigir meu carro que adoro...rs


Beijos

10 agosto, 2008 02:53  
Blogger Ane Talita disse...

Me vi direitinho nesse texto!!!
A Martha é ótima!

beijo, flor!

10 agosto, 2008 13:02  
Blogger Flor disse...

Que lindo esse texto...
Me identifiquei em varias partes...
logo eu encontro o meu amor... to convicta disso...rs
beiju...
saudades.

10 agosto, 2008 16:56  
Blogger o casalqseama* disse...

autêntico.
forte.
lindo.
grandioso.
perfeito.


martha é show e deliciosamente sensíveis são as pessoas que a escolhem... bom, sem falsa modéstia, me incluo nisso!

(fê)

rsrsrs

linda dani,
mesmo que não os poste, temos dois presentes pra ti!

bjs mt carinhosos para a menina que tem um dos sorrisos mais lindos de toda bloguesfera!

casalqseama*

11 agosto, 2008 00:12  
Blogger Thiago disse...

é incrível como a Martha consegue ser tão sensual, autêntica e não vulgar !! Ela é ótima !

12 agosto, 2008 08:52  
Blogger molin' disse...

este texto é demais dela!
ótima escolha
beeijos menina

12 agosto, 2008 20:21  
Blogger Maria Flor disse...

TUDO. O texto da Martha é muito bom Dani, eu ia postá-lo, mas depois terminei postando uns outros dela que tinham mais a haver com o momento que eu vivia, falava se separação maos enfim, esse eu gosto muito também. E adoro vê-lo aqui.

PS: Será que é coincidência mesmo? Já que você é terapeuta me explica tanto M na vida, por favor. hehehehehe!

beijocas!

13 agosto, 2008 01:34  
Anonymous Dando a Bunda pra Bater disse...

Martha é ótima. A vida é tão complicada e precisamos de coisas tão simples.

O simples é complicado?

Abraços.

Enfil

13 agosto, 2008 17:49  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial