segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

E eu que pensava que tudo eram flores


Ela só queria alguém que entendesse seus sonhos
Que dissesse palavras fáceis
Que nunca lhe trouxesse dor.
(Tihuana)


Dor...Uma palavra presente na minha mente nos últimos tempos. Tantas dores nós sentimos: a dor de perder um amor, a dor da saudade, a dor por machucar o dedo, a dor do parto, a dor por levar uma surra, a dor das palavras ditas na hora errada.
Será que as minhas dores são maiores que a dos outros? Não sei, talvez sim, talvez não. Acredito que uma das piores conseqüências da dor é o sentimento de impotência, onde você percebe que não pode fazer nada mediante uma situação. Olho ao meu redor e procuro me consolar com as dores alheias maiores do que as minhas.
Temo pelas dores que não se curam jamais, como feridas abertas que nunca cicatrizam. Afinal, sou como a menina da música, cheia de sonhos e que gosta de imaginar apenas as alegrias da vida e nunca as tristezas. Citando ainda o trecho da música do Tihuana:

Dizem que a dor faz a gente pensar
Dizem que o amor faz a gente mudar...

O amor fortalece, o amor causa dor, a dor reflete em nossa alma e o amor sempre será o fim ou o recomeço...

8 Comentários:

Blogger Aline disse...

Amiga, estou contigo em oracoes!
Te amo

26 fevereiro, 2008 10:08  
Blogger Renatinha Altoé disse...

Oi Dani, gostei mt do seu blog!
Eh lindu e td q vc escreve mexe mt com as pessouas.
Beijus!
Sucesso!

26 fevereiro, 2008 20:32  
Blogger Renatinha Altoé disse...

oi Dani, gostei mt do seu blog e das coisas q vc escreve!
Sucesso pra ti!
Bjs!

26 fevereiro, 2008 20:33  
Blogger Girassol disse...

Quando a gente abraça um sonho de corpo e alma sabe que as dores poderão surgir, mas o prazer e a alegria deixa muito pouco espaço para pensamentos racionais.
Mas, já todos nós sentimos dor pelos mais diversos motivos... e uma coisa é certa, algumas dores não passam, mas amenizam!!!

Beijo.

27 fevereiro, 2008 13:02  
Blogger Igor Garcia disse...

Dani,

As dores que vem em nosso coração não tem razões ou contra-razões médicas, o quanto elas doem em vc ou em mim não tem proporção de resistencia fisica, fisiológica ou mental. O amor é uma coisa louca, insana, inconsequente, dentre milhões de adjetivos! O pior das dores é quando vc é machucado sem nenhuma razão para isso, por culpa de outros sentimentos desgastantes e fúteis, resquícios de relacionamentos ruins do passado, que a pessoa carrega para o próximo, como uma crosta de gordura ou uma cicatriz q não fecha; desgastante porque cansa, decepciona, frustra, e fútil porque é pequeno, mesquinho, inutil, precisndo ser extirpado, removido cirurgicamente, senão por vontade própria, mas ocm ajuda profissional!
Desculpe, acabei falando mais do que devia a respeito das minhas dores! ;-) Estarei orando para que as dores sejam curadas e as feridas se fechem, seja com a ajuda de alguém, seja por vontade própria!

Bjs n'alma!!!

28 fevereiro, 2008 12:11  
Blogger O Profeta disse...

Nos umbrais do pensamento
Mora o desejo no limite da razão
Roubando os segredos do corpo
Lançando ao vento a emoção

Uma rosa breve guarda a beleza
O amor é orvalho de feliz pranto
O horizonte é o começo do infinito
A chegada de uma onda é alegro canto

Convido-te a sentir o beijo da chuva

Bom fim de semana


Mágico beijo

01 março, 2008 13:26  
Blogger Ane Talita disse...

Dani!

a dor é necessária, chato...mas necessária...
A gente aprende, a gente cresce, se fortalece!
E vc vai conseguir passar por isso, seja lá o que for!
"Vc é capaz de sacudir o mundo!"
beijo, moça!

01 março, 2008 21:39  
Blogger Pavón disse...

Dores...
Existem aquelas que passam após um remédio ou uma consulta ao médico. Mas existem aquelas que causam feridas profundas e essas todos tememos pois achamos que elas nunca se curam... mas com certeza elas diminuem.
Pensava como vc, que o amor era o fim ou o recomeço. Mas descobri na verdade, que o amor é o verdadeiro COMEÇO!!

Beijos

Pavón (Ruberto)

04 março, 2008 12:18  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial