quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Pensamento do dia


"Por que seria preciso amar raramente para amar muito?"
(Albert Camus)

6 Comentários:

Anonymous Erika disse...

porque amor de verdade dura segundos... quem ama toda hora, qq coisa, qq um, é fogo de palha.. amor não é...

bom, meus pensamentos.. rsrs

beijos kirida

"Oncotô? (Erika)"

16 janeiro, 2008 19:20  
Blogger Jana disse...

Pq tudo que é corriqueiro perde a graça? rsrsrs


Beijos

17 janeiro, 2008 08:56  
Blogger keila, a Loba disse...

A solidão, as desilusões, a visão apurada, as exigências pessoais e espirituais e a alma alerta permitem que quem raramente ama, quando ama, ama de verdade.

BeijUivooooooooossssss de uma Loba que invadiu a tua casa....mas teve bosn motivos para deixar um Uivoooooo aqui.

17 janeiro, 2008 09:43  
Blogger Ane Talita disse...

Concordo plenamente!
Eu amo bastante, pessoas diferentes, amores diferentes...mas é tudo muito, tudo intenso...Às vezes até meu peito dói! É muito amor pra carregar! rs

beijão!

18 janeiro, 2008 09:53  
Blogger Lua Durand disse...

acabei de passar em outro blog que citava o mesmo cara.

-

acho que a resposta disso esta relacionada ao fato que a gente não ama todo mundo, mas ama alguém com uma tal intensidade, que poderia ser comparada ao amor por todo mundo.

enfim.

beijos, au revoir.

18 janeiro, 2008 12:24  
Blogger Thayssa disse...

Acho que porque o verdadeiro amor é realmente raro, e quando vem é intenso!
Beijos.

23 janeiro, 2008 02:14  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial