quarta-feira, 19 de março de 2008

Minha paz resignada


Estou aqui nesse mundo onde tudo é muito louco. As pessoas estão surtadas, os nervos estão a flor da pele, seja por causa da violência nas ruas ou por estarem estressadas por causa das contas a pagar. Trabalho, trabalho, trabalho, pouca diversão, poucos prazeres. Amores mal resolvidos ou amores desgastados. Problemas que esquentam nossa cabeça e entristecem nossas almas. Depressão. Pânico. Vazio...Sempre parece que falta algo.
Tem horas que dá vontade de pegar uma nave espacial e ir dar um rolé na via-láctea. Será que em Marte existe o paraíso? rsrs
Venho descobrindo as duras penas o que é conseguir ter paz interior nos momentos de "surto". Momentos necessários nesse planeta em que um dia você acorda feliz e no meio da tarde acontece algo que pode mudar o rumo da sua trajetória. Será que a vida é realmente feita de escolhas? Certas coisas acontecem, são impostas em sua vida e você simplesmente tem que viver, onde não pode dizer: - Ah, isso aqui eu não quero!!! Será que eu poderia ter uma vidinha mais "fácil"?
Com o tempo aprendi que reclamar não adianta. Temos que nos permitir a tudo na vida, até ao sofrimento. Isso é resignação. Venho aprendendo que a minha paz interior e a minha fé é a melhor coisa para desviar meus pensamentos mais sombrios e que o amor que eu tenho dentro de mim é mais forte do que tudo.
É isso...

8 Comentários:

Blogger Ane Talita disse...

Enfrentar as coisas de frente e apreender uma lição com cada obstáculo...acho que isso torna as coisas menos doloridas!!

beijo, querida!

20 março, 2008 09:56  
Blogger Lorita disse...

Infelizmente nao podemos gritar: pára o mundo que eu quero descer. Infelzmente não podemos tirar com a mão o sofrimento de quem amamos, mas podemos dar a mão qdo mais precisam-ou não. Tudo em nossa vida é escolha.

bjm amada
qui amo

20 março, 2008 11:09  
Blogger Alê disse...

Saudades de vir aqui.
Beijos*

20 março, 2008 11:18  
Blogger Marcelo Martins disse...

Nada que um bom suco de naracujá e uma enoooooooooooorme pizza de frango com catupiry assistindo Lost não resolvam =P

Fiquei MUITO feliz de vê-la outra vez em meu blog, sério mesmo =)

Beijinhos, Dani querida.

20 março, 2008 14:11  
Blogger Elenita de Castro disse...

é difícil manter-se serena diantes das sacudidas que a vida dá no nosso dia-a-dia. vc encontrou força em dois campos de fonte que não secam: fé e paz interior. e são duas coisas tão dificeis de serem alcançadas verdadeiramente...

21 março, 2008 20:09  
Blogger Carolzita! disse...

É... reclamar não adianta mesmo. O jeito é tentar fazer nossa parte...

22 março, 2008 14:50  
Blogger Mila disse...

Passando pra te desejar uma Feliz Páscoa!!!!
Beijos Mila

22 março, 2008 17:07  
Blogger Pavón disse...

Dizem que apenas os ignorantes são felizes, pq desconhecem as mazelas e injustiças do mundo...
E se pensarmos, talvez os momentos de maior felicidade sejam aqueles em que nos sentimos como crianças no meio de uma poça de agua, pulando em cima só para ve-la espirrar, sem se importar que está chovendo, que podemos pegar uma gripe ou coisas do tipo...

Mas aprendi tbm, que a vida nos ensina muitas coisas, desde que nos permitimos vive-la intensamente. Sofremos, perdemos, ganhamos, empatamos... mas sempre aprendemos e olhamos para trás com aquele sorriso de saber que foi otimo passar por isso...

Beijooooooo

23 março, 2008 20:06  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial