quarta-feira, 8 de agosto de 2007

What do you not now

Foto: Sweetcharade

Enquanto você estava a procura de alguém para se divertir, eu estava na minha. Enquanto você me cantava, eu estava na minha. Enquanto você tentava me seduzir, eu estava na minha. Quando você mostrou o seu lado homem sensível e que se importa com as coisas da vida aí sim eu passei a te olhar diferente. Quando provei teu beijo, passei a te olhar diferente. Quando passei a pensar em você e a suspirar pelos cantos, você fugiu de mim. Idiota. E eu que sempre fingia estar indiferente. Lógico. Porque no fundo no fundo, nunca poderia haver envolvimento entre nós dois. Porque quando a gente se apaixona, tudo fica mais difícil, não enxergamos as coisas com clareza, enxergamos com o coração e isso não combina com o meu jeito de mulher descompromissada, que não deve nada a ninguém. Mas esse deslize que eu cometi você nunca vai saber. Você não sabe a oportunidade que perdeu com o meu momento de fraqueza. Agora quem não quer sou eu.

10 Comentários:

Blogger Estranhamente Eu! disse...

Isso é horrível... To com medo de chegar nesse nível e perceber que posso ter sido idiota...enqtro isso, vou suspirando pelos acantos achando que ele é o "cara"...
Amei o post

08 agosto, 2007 11:59  
Anonymous Lilith disse...

Oi, Dani!!! Pior q isso acontece bastante,n�o � Qdo a gente abre as portas, percebe q n�o tem mais ningu�m ali do lado de fora...sinceramente, detesto homem que n�o sabe esperar, detesto homem que desiste f�cil das coisas e tb detesto qdo eles n�o assumem os pr�prios sentimentos...mas, enfim, ainda acho um diferente disso, pode ter certeza!!!
Bjos pra vc, querida!

08 agosto, 2007 16:13  
Anonymous Erika disse...

Este texto podia ser meu...

Beijos kirida

08 agosto, 2007 18:18  
Anonymous Danny disse...

Pois é... quem nunca passou por isso atire a primeira pedra...

08 agosto, 2007 21:01  
Blogger Jac C. disse...

Menina, vou te contar que muitas de nós em algum momento tomamos conta desse texto pra nós.
Lindo... forte... verdadeiro.
Sem falar na imagem que como as demais é linda!
Bom ter a oportunidade de voltar aqui.
Vc escreve belamente.
Bjs.

08 agosto, 2007 21:16  
Blogger Jana disse...

E eu a tempo que não me apaixono, que nem sei mais como funciona essas coisas todas rsrsrs

Beijos

09 agosto, 2007 08:43  
Blogger Lorita disse...

Ai que me identifiquei forever com este texto amigaaaaaaa! rs...

Bjm morena tropicana

09 agosto, 2007 11:30  
Blogger empty disse...

belo texto, linda foto, interessante espaço!
=}
obrigado pela visita, espero que volte lá!!!

beijo, moça.

09 agosto, 2007 11:44  
Blogger Alê Namastê disse...

Você leu meus pensamentos?

Beijos*

09 agosto, 2007 13:36  
Blogger um alguém disse...

sabe, as coisas tendem a esses infortúnios. e ainda bem. um dia seremos, todos, gratos por isso.
é no que eu quero acreditar ;]

meus solilóquios são tão particulares e ao mesmo tempo tão plurais. bom que agrada a quem lê.

beijos, moça.

09 agosto, 2007 19:21  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial