domingo, 13 de abril de 2008

Pudores de uma quinta-feira à noite

Foto tirada daqui

Estávamos na sala. Fingíamos prestar atenção na conversa da minha mãe paralelamente ao noticiário da noite. Enquanto ela comentava sobre o absurdo da violência nas metrópoles, nossos pensamentos estavam em outra coisa. Olhava para ele e percebia seu ar de malícia. Em minha cabeça, pensava num monte de sacanagem que gostaria de fazer ali, naquele sofá. Acho que cheguei a ficar com a face vermelha.

Finalmente minha mãe saiu para seus compromissos intermináveis de trabalho e nos deixou a sós. Nesse instante minha mão gelou e senti o calor da minha pele. Estava quente, exalando meus hormônios de adolescente pelos poros. Não estava acostumada a estar sozinha com ele. Sentia-me envergonhada de certas coisas, afinal ele era bem mais velho e experiente. Mas os meus desejos eram mais fortes que qualquer pudor.

Imediatamente nos beijamos. Sentei em cima dele e nos beijávamos arduamente. Ele passava suas mãos na minha bunda e eu tirava sua blusa. Ele desabotoava meu soutien enquanto sua língua chupava meus seios delicadamente. Meus seios roçavam em seus pêlos e seu ar quente e ofegante na minha nuca me deixava mais excitada. Minha boca percorria pelo seu peito e lambia seu tórax devagar, descendo devagarzinho.

Ajoelhei-me e senti seu membro rijo em minha boca. Comecei a sugá-lo, sedenta pelo seu gosto. Ele gemia, segurava em minha cabeça e quando estava no auge levantei-me e sentei em cima dele, trançando as minhas pernas sobre suas costas. Penetrou-me com toda vontade, colocando fogo entre as minhas pernas e pondo um fim nesse desejo quase insano.

11 Comentários:

Blogger Lorita disse...

Gente o que é issoooooooooo??? hehehehe

Amiga, aquele poeminha do anônimo de ontem que deu idéias sujas assim pra ti foi??? kkkkkk

Bjm, amei ser voyer, msm que lendo!

13 abril, 2008 13:19  
Blogger Janinha disse...

Dani, pra quem tá subindo pelas paredes... agora estou pregada... kkkkkkkkkkkkkkkk... doidinha

13 abril, 2008 22:12  
Blogger Falando de Amor disse...

Olá, boa noite!!!
Passando para ler tuas postagens e desejar uma noite inspiradora...abraço poético!

13 abril, 2008 23:44  
Blogger Carmim disse...

owwww!!!!
A gente começa logo a pensar na nossa própria vida, e caramba, este texto não é aconselhável para uma Segunda de manhã.. rs

Beijo.

14 abril, 2008 09:30  
Blogger Ricardo Rayol disse...

desejos insanos jamais tem fim.

14 abril, 2008 10:30  
Blogger Marcelo Martins disse...

Ui...
Excitante e inspirador, Dani.
Isso não se faz, estou à milhas e milhas da minha garotaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
Argh!

14 abril, 2008 12:36  
Blogger Mila disse...

Caracaaaaa
Chamem os bombeiros!!! Mais direto e literal... comentários desnecessários!!!!
Beijos Mila

14 abril, 2008 13:35  
Blogger Marcelo Martins disse...

Depois vá em meu blog e veja oq vc me "obrigou" a fazer hehe.
Eu disse que era inspirador seu post...=P

14 abril, 2008 13:39  
Blogger Vida em Palavras disse...

Tá pegando fogo por aqui, muito inspirador :)

14 abril, 2008 18:13  
OpenID eroticidades disse...

Nossa ... muito bem!

Ficou ótimo, o fim até parece um texto que escrevi outro dia lá no blog. Acho que foi no post RAPIDINHA.

Tava inspirada hein?! Rsss

xêro!
Urban

15 abril, 2008 07:41  
Anonymous Ivan disse...

Me lembrou um sábado à noite quen tive.

Mas, corri logo para os textos anteriores, que só poderia reviver a história na próxima quinta feira!

E vi muita coisa interessante, embora algumas delas tragama alguma amgústia, não é?

Posso voltar?


Http://momentosnossos.zip.net
Http://algumaspalavras-ivan.blogspot.com

15 abril, 2008 16:53  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial